Ironman 2013 - semana 2 de 20

Segunda semana chegou ao fim. Após o problema no final de semana passado, os treinos essa semana - e nesse final de semana - transcorreram sem contratempos. Durante a semana posso destacar o treino de natação de sexta-feira. Foram somente 1500m, o que é pouco volume para uma hora na piscina. Entretanto foi um treino em que a maioria das séries foi em ritmo 4, ou seja, coração saindo pela boca e um estado de semi morte ao chegar na borda da piscina. A ideia era de força e velocidade total, inclusive numa série de 200m Medley (nado borboleta desgraçado). Foi um treino onde saí bastante cansado mas certamente com um ganho cardio-respiratório muito bom. 

As corridas da semana foram feitas todas somente monitorando a frequência cardíaca, sem me preocupar com pace. Não havia treino de tiros então isso era possível. Tenho notado uma evolução fazendo esse tipo de corrida somente avaliando minha sensação de esforço e FC. Foram 8Km na segunda, 12Km na quarta (será o dia da corrida mais longa da semana) e 8Km na sexta.

No final de semana dois treinos muito bons. No sábado um treino de transição em três baterias. Em cada uma delas 14Km de bike e 2Km de corrida. O ritmo: progressivo. Incrível como um treino de transição cansa tão mais do que um de modalidade única em ritmo mais constante, por maior que seja.

As baterias foram da seguinte maneira:

Ciclismo 1 - 31,1Km/h
Corrida 1 - pace 4'57"

Ciclismo 2 - 32,6Km/h
Corrida 2 - pace 4'46"

Ciclismo 3 - 35Km/h
Corrida 3 - pace 4'39


Já no domingo houve uma pequena mudança de planos. A ideia inicial era utilizar a bike de estrada já nova em folha novamente para ir do Parque Barigui até a fábrica da Itambé pela BR277 (sentido Campo Largo). Seriam 60+Km, entretanto vi uma mensagem do Marlus onde falava que o autódromo de Curitiba, inicialmente fechado para ciclismo, estaria aberto no domingo. Entrei em contato com o treinador perguntando o que ele achava de ir para lá fazer o treino com a P2, ainda no sentido de me ambientar mais com ela. Ele topou, porém pediu para fazer uma quilometragem maior, entre 70 e 80Km, fechando algo perto de 2h30' de treino. Foi o tempo de combinar com o Kelvin e ir para lá no domingo 7hs da matina. Foram então 80Km girando no autódromo com um vento forte (habitual lá) contra na reta dos boxes e na pequena subida no lado oposto. No começo esse vento não incomodava muito, porém depois de 60Km e com uma força um pouco maior, minha vontade era de ligar um motor para passar essas duas partes da pista. 



Ótima segunda semana. Vamos em frente para a terceira rumo ao dia 26 de maio.

Comentários

  1. Perfeito esse treino de domingo.. boa kilometragem e boa média...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Marlus. Gostei também. Achei bom, assim como o de sábado que foi legal também.

      Excluir
  2. O vento é nosso amigo :-). Se tem uma constante no iron floripa é o vento. No início, meio ou fim, nordeste ou sul, girando ou parado, mas sempre tem :-). Ótimos treinos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É... eu vejo quando pedalo por aí. Encontro sempre um amigo mais camarada desse vento do Iron. :-)
      Valeu.
      Abraço.

      Excluir

Postar um comentário

Deixe seu comentário, sua opinião, sua crítica, seu elogio, qualquer coisa... procuro responder sempre.

Postagens mais visitadas