Os feitos vistos com outros olhos

Já falei isso em outros posts e confirmo a informação. Sempre fui fascinado por esportes, sua história, seus heróis, anti-heróis, etc., porém nunca tinha praticado de forma séria nenhum deles até muito pouco tempo atrás.

Até ano passado, e especialmente nos anos (bem) anteriores, em todos os campeonatos que acompanhava minha visão era de um cara leigo, um entusiasta somente. Falando especialmente de ciclismo (Tour de France acabou faz alguns dias), natação (mundial terminou semana passada) e atletismo (mundial ocorrendo nesse momento) hoje consigo ver esses, e outros, esportes com outros olhos. Não que eu tenha virado um esportista com algum destaque, longe disso. Mas minimamente eu tenho treinado as modalidades de corrida, natação e ciclismo. Tendo aprendido muito com colegas e treinadores/professores dá para acompanhar com um pouco mais de discernimento esses campeonatos e, muito além disso, ter uma mínima (mínima MESMO) noção do esforço que esses atletas fazem em especial nesse momento, o ápice das competições. Não dá para dizer que é sobre-humano porque eles são humanos mas eles chegam quase nesse patamar. 

Sem me alongar muito no tema, até porque não tenho grandes condições técnicas vamos a alguns pouquíssimos fatos. Com eles imagino que não precise me estender no assunto:

Uma maratona feita em praticamente duas horas, o que dá um pace de menos de 3'/Km

Patrick Makau

Uma prova de 1500m de natação em 14'31" o que dá 0'58"/100m

Sun Yang

Uma etapa de contra relógio com média de velocidade na casa dos 54Km/h 

Tony Martin

Até eu começar a treinar um pouco mais seriamente não fazia ideia do que eram esses paces, ritmos, velocidades. Eu só pensava que alguns chegavam na frente dos outros e que havia um tanto de esforço envolvido. Daí a saber da abissal diferença entre esses atletas de elite e os amadores, mesmo que MUITO bem condicionados, já são outros quinhentos. Hoje eu tenho essa noção e por isso admiro ainda mais esses esportistas. O que eles fazem é de difícil explicação.

Comentários

  1. Olá Milton, parabéns pelo blog e pela iniciativa de treinar para triathlon. Eu ainda estou apenas na corrida, mas tenho vontade de treinar para triathlon um dia.

    Abs
    Rodrigo Lucchesi
    http://revistacontrarelogio.com.br/blogs/linhas-de-chegada/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Rodrigo, obrigado!!
      Parabéns pelo teu também, acabei de marcar aqui para seguir.
      Quanto ao triathlon tenho plena certeza que o dia que começar não vai mais querer parar. É fascinante.
      Abraço!

      Excluir
  2. Milton, 42k a 3min/k chega perto do surreal ne? Os caras sao sobrehumanos!!! Preciso encaixar a na natação...ainda n consegui :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carol.
      Na verdade para mim 3'/Km chega a ser surreal até em treinos de tiros, imagina numa maratona. :-P
      Quanto à natação... logo consegue aí só vai! :-)
      Bons treinos!

      Excluir
  3. Passamos de leigos a admiradores, não é mesmo?
    Hoje em dia adoro assisitir as comeptições, Tour de France não tirei o olho da TV e olha que ainda nem pedalo com frequência.

    Muito bom! Muita superação!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza Drica, bem isso. E além do mais conseguimos minimamente ter uma noção da superação e do sofrimento desses atletas!
      Abraço!

      Excluir
  4. Milton, acompanhar estes campeonatos é bom demais. Conhecer um pouco melhor da modalidade, dos tempos e atletas envolvidos. Depois que a gente está no esporte, fica difícil não parar pra ver.
    abraço
    Helena
    Blog Correndo de bem com a vida
    @Correndodebem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo Helena... quanto mais a gente se envolve mais interessados ficamos.
      Abraço!

      Excluir
  5. Então não olha as coisas que o Killian Jornet tá aprontando... fico perplexo, fixado e embasbacado...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse cara não é normal mesmo Pina. :-)
      Abraço!

      Excluir

Postar um comentário

Deixe seu comentário, sua opinião, sua crítica, seu elogio, qualquer coisa... procuro responder sempre.

Postagens mais visitadas