O ano de 2013... em palavras e em números...

2013 sem dúvidas foi um ano que nunca vou esquecer. Muitas coisas aconteceram na minha vida pessoal, profissional e "esportiva". Mudanças de parte a parte, algumas turbulências mas, acima de tudo (e é o foco principal desse blog) o ano esportivo foi inesquecível. 

Lembro como se fosse hoje essa época do ano passado. Eu estava ansioso para chegar a virada do ano e então começar as "famosas" vinte semanas de treinos para o Ironman. Era uma curiosidade incrível. Essa foi uma das poucas informações que não encontrei pela internet na época para matar essa curiosidade. Tinham algumas informações de alguns planos de treino mas, como era de se esperar, nada mais detalhado, até porque isso é algo (que pelo menos deveria ser) individual. 

Quando chegou a primeira semana (descontando o feriado do primeiro dia do ano) das vinte eu estava radiante. Finalmente começaria a caminhada rumo a esse sonho insano que eu estava alimentando. Dali para frente muita gente já conhece, fui treinando, treinando, lendo, recebendo dicas e incentivos até que em maio eu consegui concluir o Ironman 2013 em Floripa. Escrevi sobre ele aqui e aqui além de mais inúmeras outras informações. Não vou reescrever tudo que já escrevi mas posso dizer que concluir essa prova é realmente um grande sonho. Algo mágico, especialmente na primeira vez. Tudo saiu conforme o previsto e consegui fazer uma prova boa a se considerar a minha experiência no triathlon e o fato de ter sido o primeiro Ironman. 

Após o Ironman saí de férias e fui viajar, outra grande paixão que tenho. Na volta começou a caminhada rumo à Maratona de SC, que essa vez teve doze semanas de treinos específicos. Era a minha segunda maratona e minha ideia era pensar um pouco mais em termos de tempo e não só em concluir. Falei sobre ela principalmente aqui. Foi outra prova que saiu bastante encaixada. Foi dolorida e forte mas saiu dentro do previsto e consegui concluir como desejava. A partir dessa prova comecei a ver que a corrida passava a ser a modalidade que estava me dando melhor. Isso foi sendo comprovado até o Dash, que falo abaixo.

Depois da maratona alguns dias de descanso e então comecei os treinos para o Dash Triathlon 113 em Floripa. Primeira edição dessa prova em distância de Meio Ironman em Floripa que parece que veio para ficar. Escrevi sobre ela aqui. Foi minha primeira vez nessa distância e posso dizer que gostei MUITO, pois é uma prova relativamente longa mas que dá para fazer com uma intensidade lá em cima. Foi MUITO bom rever muitos amigos pelas pistas e também estar correndo novamente perto da família. Além disso é legal correr no mesmo local do Ironman, as lembranças são inevitáveis. Em resumo essa foi outra prova que saiu redonda e como eu gostaria.

Posso resumir meu ano nessas três provas, pois tomaram boa parte do meu ano em teremos de treinamento e me proporcionaram muitos momentos de prazer. São provas que até pouco tempo atrás eu jamais imaginava que pudesse fazer e hoje eu sei que sou capaz. 


Estas são três medalhas mais que especiais para mim. Elas significam muito mais do que feitos esportivos para uma pessoa que foi, durante praticamente 20 anos, absolutamente sedentária. São conquistas que transcendem o âmbito esportivo na minha vida e fecho esse ano muito feliz em ter conseguido. 

Quanto aos treinos eles foram basicamente focados em ciclos para essas provas citadas acima. Apesar de ainda ter alguns treinos para fazer até o final do ano, estes não serão muito longos ou importantes então não há problema em deixá-los de fora da estatística. Vamos aos números.

Natação (praticamente a totalidade em piscina): 313Km em 125 atividades.


Ciclismo (entre spinning, rolo e estrada): 7.163Km em 168 atividades.


Corrida (100% na rua, seja no calor, na chuva, no frio, etc.): 1.950Km em 179 atividades.


No total algo um pouco acima de 9.400Km percorridos.

<Momento curiosidade inútil on> Essa distância (entre treinos e competições) é algo próximo à distância entre Floripa e Barcelona. <Momento curiosidade inútil off> :-P


Bom, acho que em termos de ano esportivo foi mais ou menos isso. 

Ainda pretendo voltar a escrever (talvez sobre planos para 2015, ou qualquer outro assunto) nesse ano mas de qualquer maneira aproveito mais uma vez para deixar aqui o meu desejo de um ótimo Natal para todos. E que 2014 seja um ano ainda mais cheio de realizações na vida de cada um. 

Mais uma vez agradeço também todos que estão sempre por aqui e que me apoiam. Podem ter certeza que é um dos pilares da motivação que levo sempre comigo a cada quilômetro. Assim como o triathlon foi algo que me encantou desde o início, escrever aqui também é algo que gosto muito. 


Comentários

  1. Com o perdão do trocadilho, você está com a quilometragem alta, hein, amigo?
    Brincadeiras a parte, quero mais uma vez te dar os parabéns por estes três grandes feitos seus esse ano e todo seu esforço e disciplina para encarar os treinos para o Iron, a maratona e o Dash!
    Feliz Natal e um 2014 esplêndido pra você e sua família.
    Beijo,
    Dani.
    Blog Dani Corredora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Dani, muito obrigado. Gostei do trocadilho. Kkkk
      Obrigado pela força de sempre e pelos constantes incentivos. Somos parceiros de corrida e o apoio dos parceiros sempre conta muito!
      Um ótimo Natal e um 2014 muito feliz para ti e tua família também.
      Bjs.

      Excluir
  2. Milton, foi um ano de dar inveja! rsrs Três grandes provas, pra encher o calendário de qualquer atleta amador.
    Legal também foi ver sua evolução, impressionante.
    Cara, me vi no seu relato sobre a ansiedade com a chegada dos treinos para o Ironman. Estou assim agora, mas logo começa o período, e as coisas vão entrando nos eixos. E com certeza é uma motivação a mais ver como essa prova mexeu com a sua vida. Uma grande conquista, realmente.
    Forte abraço
    Lean

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Lean, muito obrigado pelas palavras cara mas inveja não né... olha o teu ano!! Kkkk.
      Pode ter certeza que tu é um dos cadas em que me inspiro na Webtreino.
      Quanto ao relato, imagino mesmo que esteja se vendo nele. A minha vontade de começar as 20 semanas nessa época era enorme e a prova realmente mexeu muito com minha vida. Além da importância me ensinou muitas coisas. Tenho certeza que tu vai curtir muito cada treino e cada semana, além do mais, vai DETONAR lá no Iron. Se eu não estiver viajando certamente estarei lá torcendo.
      Forte abraço, feliz Natal e um ótimo 2014 para ti parceiro.

      Excluir
  3. Que pancada !!!!
    Baita ano hein ?

    Ah, domingo próximo vai ter pedal pra são bonifácio, se são pedro deixar. Eles que são santos que se entendam hahahaha.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Pina... foi um ano e tanto mesmo camarada. Curti cada treino, cada prova, cada instante. Que venha 2014, um pouco menos volumoso mas não quer dizer menos intenso.
      Kkkkk... eles que são santos que se entendam mesmo. Cara... acho que vou se eles deixarem. Vamos nos falando até lá e te aviso.
      Abração

      Excluir
  4. Treinou pra caramba hein.
    Eu não cheguei nem perto da metade disso ai, ainda assim acho que treinei mais do que nos anos anteriores.

    Abraço, boas festas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Fábio... nem eu tinha consciência desses números. A questão é que com o Ironman foram praticamente 6 meses de bastante treino. Acho que esse próximo ano o volume cai bastante. Vai ter que entrar mais qualidade pelo menos. Kkkkk
      Abração, boas festas para ti também.

      Excluir

Postar um comentário

Deixe seu comentário, sua opinião, sua crítica, seu elogio, qualquer coisa... procuro responder sempre.

Postagens mais visitadas