As incertezas e algumas certezas

Quem me conhece e me acompanha sabe como fiquei chateado quando me lesionei e perdi a Maratona de SC. Foi duro, um período difícil. Aos poucos fui atrás das lesões, busquei tratamentos e agora parece que as coisas começam a voltar para o lugar. Foram pelo menos dois meses com menos treinos, mais dores e muitos pensamentos, inclusive o de que talvez não pudesse também fazer o Challenge Florianópolis. Agora, passado esse tempo já estou voltando a uma rotina de frequência de corridas. Ainda sem MUITO volume e com bem menos intensidade (para evitar comprometer esse processo final de recuperação). Continuo correndo cada vez com menos dores e já tenho feito corridas sem nenhum tipo de dor, mesmo as não tão leves. Isso tem me dado esperança de fazer uma boa prova em Floripa. Talvez, desde o Dash do ano passado essa seja a prova que menos posso prever um tempo. Não sei como vou estar na corrida mas posso garantir que, se a dor não aparecer, muita força vou fazer (até rimou :-P). 

Essa semana foram ótimos treinos de natação, dois deles com séries intensas em 1800m, variação de intensidade no ciclismo indoor durante a semana e o longo de corrida voltando para quarta-feira (1h20' que significou 17Km). Na sexta fiz um fartlek ao meio dia que o sol castigou demais, não rendeu o esperado, porém logo em seguida, no sábado veio um dos melhores treinos de transição que já fiz, especialmente se levar em conta os poucos que fiz depois das lesões. Foram 40Km de ciclismo por 10Km de corrida que, apesar de a planilha pedir em ritmo 2, saiu acima mas um ritmo muito bom e que mantive constante o tempo todo curtindo aquela corrida sem dor.

E no domingo, ahhh o domingo. Mais um domingo que pedalei sozinho, com tempo fechado (e molhado em algumas partes) e uma boa dose de vento. O treino era o longo de ciclismo mas com duas séries mais fortes de 30Km no "meio do caminho". Gosto demais de fazer esses treinos meio longos meio intervalados e eles deram muito resultado para Brasília esse ano. Aqui em Curitiba é um pouco diferente fazer esses treinos porque não pego uma estrada plana e direta o tempo todo como fazia na BR101 nos arredores de Floripa. Existem algumas subidas, mesmo que leves, no caminho, além da necessidade de fazer retornos para não descer a serra. De qualquer maneira o treino é por intensidade e não velocidade e é isso que tenho feito. O treino hoje contou com vento, garoa, trechos que era difícil manter 30kph e trechos que pedalei a 45kph sem forçar muito. Foi duro mas foi bom. E assim terminou mais um final de semana. Agora faltam menos de 30 dias para a prova e tudo que quero é chegar lá bem. O resto eu sei que eu faço! 

O estado da criatura na chegada do domingo





Transição de sábado
Arrumando tudo depois de mais uma semana de treinos

Comentários

  1. Muito legal Milton, está se recuperando e a caminho de uma boa prova, com certeza.
    Ia falar que agora é só manter a motivação, mas disso você não precisa. rsrs
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Lean! Obrigado meu amigo! De fato motivação nunca me falta. Kkkk. Acho que vai sair uma prova legal sim!
      Abração!

      Excluir
  2. E vais conseguir, amigo, tenho certeza disto. Meu carinho e bons treinos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado minha amiga!! Bons treinos para ti também!
      Bjs

      Excluir
  3. boa piá... to loko pra ir lá assistir a prova... e dar uma força para os colegas... tomará que eu consiga uma carona com alguém....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Marlus. Cara... eu ainda não sei que dia eu vou (se quinta ou sexta) mas a princípio tem lugar no meu carro (vou só eu e a Kelly). Devemos voltar domingo ou madrugada de domingo para segunda bem cedo. Se estiver afim é só me avisar. A casa lá ainda não sei quantas pessoas vão estar mas a princípio acho que tem lugar. Posso ver e te avisar.
      Abração!

      Excluir
  4. E que venha o Challenge!
    Tacale pau, meu amigo!
    Beijo,
    Dani.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deixa comigo Dani. Se o chassi de grilo aguentar pode ter certeza que vou tacale pau. Kkkk.
      Bjs.

      Excluir

Postar um comentário

Deixe seu comentário, sua opinião, sua crítica, seu elogio, qualquer coisa... procuro responder sempre.

Postagens mais visitadas