Ironman Brasil 2016 - Semana 3

Começa amanhã a quarta semana e logo em seguida na semana do carnaval chegaremos no primeiro quarto do ciclo do Ironman Brasil 2016. As coisas vão começando a encaixar, aquelas dores ou incômodos parece que estão me deixando em paz, o condicionamento vai voltando ao que era, enfim, algumas voltas na Terra e tudo vai se normalizando.

Essa foi uma semana bastante produtiva, todos os treinos concluídos apesar de um pequeno susto na sexta que poderia ter se refletido no treino de sábado. 

Natação seguimos com os três treinos semanais, sendo na sexta o mais intenso, com tiros de 100m visando especialmente o SESC Triathlon.

Em termos de ciclismo, durante a semana um pulo em Campo Largo no tradicional treino de terça-feira e, ainda sendo possível, um treino de tiros no Autódromo Internacional de Curitiba na quinta-feira. Esses realmente estão sendo doloridos! Já no final de semana, um pequeno percalço na sexta-feira quase me tirou o treino de sábado. Já no horário do almoço de sexta estava me sentindo um pouco enjoado e durante a tarde piorou um pouco. Logo que cheguei em casa na sexta já fui direto para cama onde dormi por umas duas horas. Nem arrumei nada para o treino de sábado e pensei em ficar sem treinar caso não acordasse bem. Acordei sem o compromisso do despertador e, para minha alegria, já bastante melhor. Acabei fazendo um treino de transição contínuo e não em baterias na região de casa mesmo (pedal para Campo Largo e corrida até o parque). Treino de sábado salvo. Já o tradicional longo de domingo, essa vez com três horas, foi um excelente treino. Dessa vez inclusive contando com o apoio da colega de Webtreino e Dentro D'Água Ju Ramos que foi de carro de apoio (chique hein!) dando aquela força e carregando mantimentos para o treino todo a quem quisesse! Valeu Ju, MUITO obrigado! Treino muito bom contando com uma certa dose de vento no final para as pernas chegarem queimando um pouco.
Último suspiro ao final do treino de domingo
Já nas corridas, ainda meu ponto que mais tenho a melhorar, algumas boas algumas nem tanto. Uma corrida regenerativa na segunda, um treino de tiros na quarta feito sob uma tempestade que resolveu cair bem na hora que eu iniciei os tiros de 1Km, uma um pouco mais longa com subidas na sexta e a corrida da transição no sábado. Ainda é a modalidade que não tenho tanto o prazer como tinha antes das lesões. Parece que ainda sinto uma certa insegurança, um certo incômodo de não ter os ritmos de outrora. Mas tudo há de ser consertado pelo tempo! 

Assim findou a terceira semana, mais uma vez com tudo "verdinho" na planilha. Final de semana que vem os treinos devem sair em Floripa para relembrar um pouco os velhos tempos! 

Comentários

Postagens mais visitadas