Quando alguns bons treinos simplesmente aparecem

Conforme cada ciclo vai ocorrendo, muitas coisas também acontecem. Dias ruins, dias bons, semanas ruins, outras melhores. Cansaço, euforia, dores, tudo que se possa imaginar acontece em ciclos, seja qual for a intensidade ou duração do mesmo.

Estou atualmente na sétima semana do ciclo de vinte do Ironman Brasil 2016, porém ele sempre é diferente até o SESC Triathlon que ocorre no início de março, pois para o SESC temos bastante treino de intensidade misturados com treinos de resistência - para o Iron. 

Isso faz com que o corpo receba algumas pancadas de parta a parte sem saber direito de onde elas estão vindo. Segunda regenera com um fartlek de corrida e uma natação, terça já faz treino de força no ciclismo, quarta faz tiro de corrida e mais longo na piscina, quinta tiro de bike, sexta faz o longo de corrida e depois tiro na piscina. Sábado intensidade e mais intensidade no treino de transição e domingo pelo menos umas 4hs de ciclismo manhã afora. Tudo tem seu preço, se por um lado o corpo cansa, as coisas tendem a encaixar porque o ciclo começa realmente a engrenar. Estamos quase na metade do caminho e quem não engrenou até agora é melhor ficar esperto se não quiser sofrer muito no Ironman Brasil. 

Essa semana, apesar de ainda estar em andamento, está sendo daquelas em que alguns treinos andam encaixando. Terminei as quase 4hs do pedal de domingo cansado mas com o corpo respondendo bem e com uma rápida recuperação. Na segunda no fartlek de corrida já notei que as coisas poderiam fluir ao longo da semana. Depois de um dia chuvoso na terça que me fez pedalar no rolo, quarta foi o dia de tiros de corrida no parque. Se por um lado ainda não estou tão rápido quanto já fui outrora, o treino foi de uma consistência excelente. Ritmos fortes por 7Km em uma evolução que venho percebendo desde o início do ciclo. Já na hora do almoço um treino de natação extremamente encaixado também, com parciais quase que acertadas no relógio de tão iguais. Por fim (até o momento), na quinta um treino de ritmo de ciclismo que originalmente seria no plano, mas com o aval do treinador foi em terreno variado, daqueles que terminamos com a vontade de comemorar como se fosse uma prova. Praticamente TUDO que tinha para dar certo deu. Sem percalços, ritmo bom, cadência boa, sensação física excelente e a sensação de uma lição de casa feita com louvor. 


Agora é seguir com os treinos, pois amanhã já tem longo de corrida de 18Km e na hora do almoço a última da série pré SESC de 9x 100m fortes na piscina. 

E o ciclo vai indo, indo, indo...    

Comentários

  1. Força na peruca!
    Quais as distâncias do SESC Triatlon?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamo que vamo Dani. O SESC tem as duas distâncias, o short (750m/20Km/5Km) e o olímpico (1,5Km/40Km/10Km). Ano passado fiz o short, esse ano vou no olímpico. Para fazer o olímpico precisa comprovação de tempo (uma espécie de índice) e ano passado eu não tinha.

      Excluir

Postar um comentário

Deixe seu comentário, sua opinião, sua crítica, seu elogio, qualquer coisa... procuro responder sempre.

Postagens mais visitadas