Ironman Brasil 2016 - Semana 10

Vamos ao "semanário" dessa que é uma semana com um valor simbólico também, afinal de contas é a décima das vinte. Chegamos, portanto em uma semana que representa metade do caminho. Quer queiramos ou não, a primeira metade é um pouco mais "fácil" que a segunda. Não por questão de intensidade, pois nesse caso em função do SESC a primeira foi mais intensa, mas de volume. Tudo agora toma proporções de horas. Horas correndo, horas pedalando, etc. e encaixar tudo isso na rotina de trabalho e família é que torna bela essa complexidade do Ironman. 

E então, como foi essa décima semana? Considero boa! 

Segunda começamos com alguns treinos regenerativos. Uma corrida de 8Km logo cedo que me permiti me perder um pouco pelo bairro e depois continuar o treino dando voltas em uma praça perto de casa. Tudo sem pressa, soltando a musculatura que, apesar da subida da Serra do Mar no domingo, estava boa. Dia amanheceu lindo enquanto eu fazia esse treino regenerativo. Ótima forma de começar a semana. Depois disso ao meio-dia veio uma natação também sem forçar demais 

Na terça um treino que tenho gostado de fazer. Treino de força pedalando 45Km em direção a Campo Largo. A ideia é usar sempre marcha pesada, mesmo sendo um terreno com inclinação bastante variável. Infelizmente foi o único dia da semana que amanheceu com uma garoa fina e tempo feio. Mesmo assim eu e mais dois amigos resolvemos arriscar e o tempo melhorou logo depois que começamos a pedalar. Para minha sorte, pelo menos, fui com a Merida (speed) já que a Cervélo ainda estava na revisão. Seria triste se tivesse pego da revisão e colocado naquela lambança. :-)

A quarta começou com um treino intervalado. Aquecimento, educativos (que tenho procurado fazer todas as quartas nesse treino coletivo) e depois a série principal e uma soltura. A série principal consistia de 3x 3Km em ritmo "moderado/firme", o famoso ritmo 3 onde não devemos chegar na sensação de morte. Nessa parte do treino há uma separação natural de grupos que correm em ritmos parecidos. Fiquei junto do meu treinador e mais um amigo para fazermos os tiros. Claro que a ideia é que cada um respeite seu ritmo, quem quiser escapar escapa, quem precisar segurar segura. Fizemos os dois primeiros todos juntos, num ritmo firme como deveria ser. No terceiro tiro encontramos mais um amigo e dois deles resolveram escapar. Meu treinador foi atrás. Pensei comigo "vou ou não vou?" mas resolvi obedecer a planilha, no qual depois recebi a aprovação do próprio treinador. Treino saiu absolutamente redondo, tudo em ritmo 3. Meio dia hora de ir nadar e na série principal veio aquele "pequeno desafio" do treinador que faz a gente nadar esperto. Piscina não estava tão cheia, fiquei com uma raia só para mim, o que facilita para um cara meio desorientado feito eu, nado sem qualquer medo de atorar o dedo de alguém com palmar ou de acertar uma braçada na orelha. Série principal consistia então de 3x 300m sendo progressivo e sem material. Primeira fácil, depois moderada e por fim forte. Veio a primeira em 4'50" (1'37" de média), tranquilo, favorável. Então veio a segunda 4'29" (1'30" de média). Nessa hora olhei para o treinador com aquele olhar de "fiz caca, como vou melhorar agora?". Ele me olhou e falou. "Agora quero ver o último para 4'10"". Pensei comigo "lascou mas vamos tentar, tentar não tira pedaço". Então nadei num ritmo forte para tentar manter a progressão, o que saiu 4'09" (1'23" de média), bem dentro do que havia de ser. Fiquei feliz de ter conseguido fazer o que me foi pedido. Ao final 3500m nadados em uma quarta puxada. 

Na quinta resolvi ir no Autódromo Internacional de Curitiba fazer os tiros de bike. 6hs e alguns minutos e já estava pedalando. Aquecimento de 10Km e depois pau na máquina, série de 5Km forte por 2Km solto. Os quatro primeiros saíram redondinhos em uma média parecida, cadência parecida também sensação de esforço. Já o quinto tiro estava um pouco mais cansado, vento aumentou, peguei dois trechos piores da pista e a média caiu um pouco junto com a vontade de fazer força. Não foi ruim mas não foi no nível dos outros quatro tiros. Treino feito quase com louvor. Não foi perfeito mas foi um ótimo treino mesmo assim. 

Sexta já iniciou com 21Km de corrida mas dessa vez no plano. Curioso que algo aconteceu comigo no dia de ontem. Não sei se foram as ótimas 7hs de sono direto ou algo que comi. Só sei que eu mesmo fiquei surpreso com meu ritmo 2 nesses 21Km. Não é o meu ritmo 2 naturalmente, porém por aquelas coincidências do destino eu estava me sentindo muito bem e a corrida simplesmente fluiu! Depois uma natação com uma série boa de 6x 150m e mais um "desafio" no último tiro! Desafio aceito e cumprido. Fechar em menos de 2' (1'59")

Sábado foi dia de um evento bem legal do #timedobem na Dentro D'Água então eu e a Ju Ramos fomos treinar bem cedo para comparecer a esse evento (terá um post ao longo da semana). Minha planilha previa 45Km em ritmo leve (regenerativo) no plano. Optamos por ir até o pedágio na BR 277 Praias. Foi um treino leve, descontraído e bem cedo para logo depois irmos no aulão da DD. 

Domingo foi dia de pedalar e correr. O ciclismo foi para um dos lugares que mais gosto aqui nos arredores. A Colônia Witmarsum, local de estradas vicinais e aquele jeito interiorano gostoso demais. Saímos bem cedo (muito por vontade minha, admito) para que desse tempo de chegar na colônia, comer um lanche e então voltar para Curitiba para ainda correr os 20' previstos na planilha. Treino foi num ritmo muito bom, bastante consistente. Paramos na colônia, comemos e na volta vem aquele vento um tanto chato daquele planalto. Ao final, eu e o Andrey ainda entramos na estrada da Sereia para que fechasse o tempo do treino. Pernas cansadas e mais 20' de corrida nos arredores de casa. Saíram bons, apesar das pernas um pouco mais cansadas que semana passada.

Chegando na melhor estradinha... 
Uma pena essa estrada ser tão longe e pequena... 
Uma parte do time reunido... 
Enquanto isso elas descansam... 

E que venha a semana 11! 

Comentários

  1. Amigão, tenta entrar em contato com a nova empresa do Galvão, a Unlimited Sports, resolveram o meu problema dos tempos que se arrastava a 1 ano, me retornaram rapidamente e mesmo colocando o tempo errado, depois de outro email, arrumaram no mesmo dia.

    Bárbara Tomiatti
    F.: +55 11 3743.2411 – Ramal: 220
    www.unlimitedsports.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu meu amigo. No meu caso foi desclassificação. Não tem muito jeito a essa altura. Mas que bom que resolveu o teu! Abração!

      Excluir
  2. Olá Milton,
    até fico com dores em todo o lado só de ler estes treinos todos :) ... mas um Ironman não faz prisioneiros não é?
    Abraço e continuação de bons treinos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkkkk. Cara, o pior de tudo é que a gente gosta. Kkkkk
      Abraço meu amigo!

      Excluir
  3. Milton, esses dias estava nadando e na raia ao lado estava um cara com uma touca de Ironman. Óbvio que puxei papo. Ele disse que não vai nesse ano blá blá blá e que qualquer um pode fazer um Iron, treinando. Mas eu leio teus posts e duvido disso. HAHAHAHAHA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkkk. Ele tá coberto de razão guria. A questão é que nem todo mundo pode ou quer treinar para a prova. Mas que dá dá. Até eu fiz. Kkkkkkk

      Excluir

Postar um comentário

Deixe seu comentário, sua opinião, sua crítica, seu elogio, qualquer coisa... procuro responder sempre.

Postagens mais visitadas