Ironman Brasil 2016 - Semana 13

Vamos a mais uma semana de treinos. Infelizmente não tenho conseguido fazer mais posts durante a semana como gostaria. Entretanto tenho tentado não falhar com esse post semanal contando como foi a semana. 

Segunda tinha que fazer exames de sangue logo cedo então fiz o treino de natação meio-dia, como aliás tenho feito a maioria deles ultimamente já que minha logística ficou melhor assim. O "fartlek regenerativo" foi feito no final do dia, horário que não gosto muito mas que foi necessário. 12Km com 15x de variação de ritmo para ajudar a passar o tempo mais rápido. Pernas estavam um pouco cansadas de tanta subida domingo, porém menos que no treino de Witmarsum que fizemos em um ritmo um pouco mais forte. 

Terça saiu aquele treino de força no ciclismo que está virando o famoso "treino da mentira". Encontra um amigo aqui outro acolá que fala. "Estou cansado", "Vou num ritmo tranquilo, estou quebrado". Aí chega na primeira subida e o cidadão ataca. :-). Treino saiu bom e pernas responderam igualmente bem. 50Km na conta. 

Quarta veio um treino de tiro mas não em altíssima intensidade. 16km tendo como série principal 10x 1Km em ritmo "levemente desconfortável" e não "totalmente desconfortável" conforme meu treinador. Treino absolutamente encaixado e praticamente um relógio. Aliás, duas parciais foram EXATAMENTE um relógio. Depois na hora do almoço uma natação interessante mesmo com um pouco de cansaço da intensidade matinal.

Isso é o que eu chamo de relógio suíço... 
Quinta foi mais um dia de ir no velódromo, pois o autódromo ficou fechado toda semana para ciclismo. Mais uma vez iniciei o treino com a Ju Ramos, minha amiga e parceira de #timedobem. Minha série principal era de 8x 3Km em ritmo 3 com um descanso de 1Km solto. Outro treino que saiu encaixado. Quase um relógio. O velódromo é interessante, pois mantemos bastante a questão da cadência controlada, além de ser totalmente plano. Claro, nem tudo são flores, a volta é de 300m, ou seja, a gente gira bastante. Além disso não está muito bem conservado e temos que ultrapassar muitas vezes várias pessoas. Há que se ter um certo cuidado durante os tiros. 

Sexta um dia novamente bem redondinho. De manhã o longo de corrida feito com bastante inclinação pela cidade de Curitiba. Mais uma vez bolei um trajeto passando pelos parques Barigüi e Tingüi onde consigo água e banheiro caso necessário. Foram 27Km que se iniciaram logo cedo da manhã para poder chegar no trabalho a tempo. Por volta de 5:20hs iniciei o treino que foi bem certinho. Subidas ainda cansam bastante, especialmente na fase atual que estamos chegando no pico de treinamento para o Ironman. Mas é só voltar ao plano que a FC baixa logo, sensação logo está boa novamente. Treino feito da forma como gostaria. Já na hora do almoço mais 3300m de natação. Tenho ficado satisfeito com minha rápida recuperação nos treinos mais intensos ou longos de corrida. Isso tem ajudado na natação do meio-dia. 

Sábado mais um dos treinos regenerativos que tenho feito entre o longo de corrida e o longo de ciclismo. Fui de novo com a Ju Ramos para a BR277 praias e fizemos um pedal bem tranquilo com um tradicional pneu furado para manter o histórico. Tudo num ritmo bem solto. 

Domingo veio o longo de ciclismo. Combinei com alguns galos e saímos um pouco antes das 6:30hs da manhã para um trajeto entre Curitiba e a rodovia Alexandra Matinhos que leva ao litoral paranaense. Aproximadamente 160Km contando o trecho da minha casa até a BR e com a Serra do Mar no meio do caminho. Novamente bastante calor em Curitiba, apesar da neblina logo cedo. Fomos num ritmo relativamente encaixado até lá embaixo. A descida da serra foi com bem pouco movimento em função do horário, o que nos dá segurança. Na volta viemos bem e acabamos encontrando o pelotão da Webtreino no pé da serra. Acabei me juntando a eles mas na serra há sempre uma separação boa. Da metade para o final da subida acabei tento problemas de hidratação, pois subestimei a minha água na bike. Uma caramanhola esquentou demais e a outra acabou. Isso me deixou com bastante sede e fome até chegar no topo da serra já a 25Km de Curitiba. Por sorte ali consegui me hidratar, comer e acabei me recuperando para a volta para casa. Nessa volta o pessoal resolvei imprimir um ritmo mais forte e fomos numa boa toada até quase em casa quando aí resolvi deixar um grupo ir, pois eu ainda pedalaria até em casa e já estava bem cansado. Na chegada em casa uma corrida de 5Km já com um certo grau de esfarelamento mas que saiu razoável. 

Chegando no litoral paranaense...
E assim termina a 13a semana. Mais três e teremos então um mês para a prova. 

Comentários

Postar um comentário

Deixe seu comentário, sua opinião, sua crítica, seu elogio, qualquer coisa... procuro responder sempre.

Postagens mais visitadas